Família que venceu competição para viver na ilha de Gales se demitiu logo no primeiro dia

Publicidade

Eles pensaram que seria o começo de uma nova vida, de um verdadeiro sonho quando a família Scharer ganhou uma competição para poderem viver em uma ilha remota. Mas toda a expectativa fora destruída em apenas UM dia.

Publicidade

A família de quatro pessoas deixou a idílica ilha de Bardsey, na costa do norte do País de Gales, poucas horas depois de chegar, quando seu filho de 10 anos, Sam, caiu nas rochas.

Eles haviam derrotado 50 outros finalistas para se mudarem para a ilha de North Wales para trabalharem como guardas ecológicos com um salário de US $ 21.000.

ALAMY

O fazendeiro Ned, 44, e sua esposa Sophie, 45 anos, teriam de passar três anos na ilha, gerenciando a reserva natural, uma fazenda e um observatório de aves com seus dois filhos.

Publicidade

Mas no primeiro dia, Sam caiu nas rocha ao sair do barco e teve que ser transportado de helicóptero para o hospital por causa de uma lesão grave em sua perna.

Ned ficou sozinho para administrar a ilha, pensando que seria capaz de tal feito, mas não aguentou nem um mês.

ALAMY

Ele logo percebeu que a tarefa à frente dele era demais, então, decidiu voltou para a casa da família em Llanrwst, no condado de Conwy, no País de Gales.

A Bardsey Island Trust está procurando agora novos guardas para administrar a ilha remota pelos próximos três anos. Além de um ótimo salário, aos guardas são oferecidos alojamento e serviços públicos na ilha.

De acordo com a confiança, os candidatos devem estar em boa forma física, confortáveis ​​com o isolamento e preparados para viver em um local em que não haja sinal de telefone e outros confortos.

E aí, você se habilitaria?

Publicidade

Share