Facebook proíbe a venda de todos os tipos de animais em sua plataforma. Para protegê-los

Publicidade

Ultimamente temos vistos com mais intensidade a seguinte frase: Quem ama de verdade animais, a melhor opção é adotar um em vez de comprá-lo.

Tentando e ajudando a acabar com aquelas pessoas que vivem do comércio de animais, o Facebook criou a política de alerta para que você denuncie sempre que se deparar com publicações de venda de animais em sua rede social.

Publicidade

Tal medida tenta impedir aquelas pessoas que tiram da venda de animais o seu sustento. Pois para tal, geralmente usam incubadoras ou fazendas de filhotes, onde forçam as fêmeas a engravidar de novo e de novo sem descanso, apenas para conseguir dinheiro.

Por mais que as pessoas amem o filhote que estão comprando e lhe deem a melhor vida possível, sua mãe sofreu anos para que ele pudesse existir.

Publicidade

É por isso que o Facebook quer proibir a venda de animais em sua plataforma, para tentar diminuir – pelo menos um pouco – a exploração animal.

A plataforma está implementando novas políticas comerciais nas quais vai restringir as publicações de vendas de animais, perfis, páginas ou grupos relacionados ao mesmo.

O alerta (https://www.facebook.com/policies/commerce) vale tanto para grupos, páginas ou linha do tempo de qualquer pessoa.

A opção “Denunciar publicação” é acessada por meio de um menu que aparece ao clicar no ícone de uma seta pra baixo, localizado no canto superior direito de cada publicação.

Publicidade

Share