Este é o cão mais caro existente no mundo, conheça mais do Mastiff Tibetano

Publicidade

Sabemos que as preferências das pessoas por cães estão em constante mudança. Atualmente os cachorros pequenos estão na moda, de preferência aqueles que não se parecem com um animal, mas sim com um brinquedo de tão pequenos que são.

Publicidade

Mas mesmo entre mini-animais de estimação você pode encontrar aqueles cujo preço vai morder mais dolorosamente do que as presas do cão o seu bolso. O cão mais caro do mundo não anda pelas ruas das cidades. E, em geral, não encontramos durante o dia.

O cachorro chamado Hong Dong é de longe o cão mais caro do mundo. Seu multimilionário chinês, um magnata do carvão, o comprou por 10 milhões de yuans ou US $ 1,5 milhão. O preço recorde foi definido em um leilão. Um cão realmente querido e desejado por seu futuro dono foi para a nova casa acompanhado pelos guardas.

Hong Dong (Big Splash) – filhote de 11 meses de idade do mastim tibetano, já está deixando seu dono mais rico ainda. Afinal, o desejo dos criadores de cães de amarrar suas fêmeas com Hong Dong será indescritível. E para isso você terá que pagar pelo menos 15 mil dólares.

Publicidade

A propósito, os mastins tibetanos na China são tratados de maneira especial. Esta é uma das mais antigas raças de trabalho existente no mundo. Foram eles que guardaram os mosteiros do Tibete e também ajudaram os nômades no Himalaia. Segundo a lenda, Genghis Khan e até mesmo Buda também tinham mastins.

No entanto, agora o dono de Hong Dong terá que ser muito cuidadoso. Afinal, agora ele se tornou um excelente alvo para a imprensa e para chantagistas. É por isso que o nome do dono do mastim tibetano não fora divulgado.

O filhote “dourado” tem até um metro de altura e pesa mais de 80 quilos. O criador Lu Liang já avisou ao dono Hong Dong que o menu desses cachorros deveria ser especial. Antes de se mudar para um novo local de residência, o filhote só come carne e frango selecionados e, em meio a lanches, recebe iguarias chinesas exóticas como abalone e pepino do mar.

Que loucura, não?

Publicidade

Share