fbpx

Esta era a terrível forma durante a inquisição de punir as mulheres suspeitas de bruxaria

Publicidade

Antigamente, as mulheres quase não tinham direitos. Eram tratadas com desdém e só serviam na mentalidade da época para gerarem filhos.

E durante o período da inquisição, o seu maior medo era o de ser acusada de praticar bruxaria. Isso por que em nenhum momento elas poderiam ser ouvidas e as provas que teriam de produzir para se provar o contrário eram praticamente impossíveis de serem produzidas.

Publicidade

As que eram acusadas sofriam dias e noites com formas cada vez mais aprimoradas de tortura, sendo principalmente as mulheres as condenadas por “práticas mágicas”.

Sabendo disso, vamos ver agora os métodos usados para punir tal mulher acusada da prática de bruxaria. Confira:

5 – A cadeira para banho

Um dos instrumentos mais comuns de tortura era a cadeira para banho das bruxas. A suposta bruxa era amarrada a uma cadeira, que era então rebaixada ao nível do rio.

O projeto consistia em uma viga de madeira com apoio para abaixar ou levantar a mulher da água, proporcionando várias sessões de afogamento.

4 – “Cegonha”

Este é um instrumento bastante simples de tortura. O dispositivo, que imobilizava completamente a vítima, era capaz de dobrar as pernas puxando-as dos joelhos até o peito. Assim, o corpo tornava-se rapidamente dormente, prejudicando a região lombar e comprometendo os movimentos do corpo inteiro. Muitas vezes as vítimas enlouqueciam antes mesmo de morrerem.

Publicidade

3 – A cadeira da Inquisição

Essa invenção macabra consistia em colocar a suspeita de bruxaria sentada em pinos afiados, sendo torturada em paralelo com ferro ou água fervente.

Segundo manuscritos da época, nenhuma das mulheres submetidas a essa tortura conseguiu sobreviver.

2 – Tortura por afogamento e dor

A Inquisição também praticava uma maneira simples para fazer a suposta bruxa confessar seus crimes: eles colocavam um funil em sua boca com bastante água quente, ou mesmo em sua vagina ou ânus.

A vítima experimentava uma sensação de dor extrema e intenso sofrimento e morria rapidamente.

1 – Rasgando-a por completo

Se ainda assim a acusada não se declarasse bruxa, esse instrumento era inserido nas partes íntimas da vítima e abertos – como pétalas – até começar a rasgá-la por completo.

Métodos realmente assustadores, não?

[Ofigenno]

Publicidade

Share