fbpx

Chuva de meteoros do cometa Halley terá pico nesta terça-feira

Publicidade

Neste mês de Maio, observadores ao redor do mundo poderão ver o auge da atividade da chuva de meteoros chamada Eta Aquáridas. O que é a chuva de meteoros Eta Aquáridas? Quando e onde ela ocorre? Como vê-la em 2020? Vamos descobrir tudo sobre esse evento astronômico.

O que é a chuva de meteoros Eta Aquáridas?

Publicidade

A chuva de meteoros Eta Aquáridas (ou Eta Aquariids) é uma chuva de meteoros moderadamente ativa que está ativa entre 19 de abril e 28 de maio todos os anos e atinge sua atividade máxima perto do dia 5 de maio (madrugada do dia 4 para o dia 5). Como as Oriónidas em outubro, a chuva de meteoros Eta Aquáridas se origina com o cometa Halley. Esse cometa é o único de curto período visível a olho nu da terra (a cada 75 ou 76 anos). A última vez que esse cometa foi visto por observadores do céu foi em 1986. A próxima vez que 1P/Halley entrará no interior do sistema Solar apenas em 2061.

As Etas Aquáridas são conhecidas por sua alta velocidade esses meteoros velozes e brilhantes viajam a cerca de 66 km/s em direção à atmosfera da Terra. Com frequência, eles deixam um “rastro” brilhante que pode ser visto no céu por vários segundos.

O radiante da Eta Aquáridas “a área do céu onde a maioria dos meteoros parecem ser lançados” está localizado na constelação de Aquários, próximo à estrela mais brilhante da constelação, a Eta Aquárias. Como você pode observar, a chuva recebe o nome dessa estrela. A Eta Aquáridas é uma das quatro estrelas que forma o asterismo proeminente em forma de Y chamado de “Jarro d’água” de Aquários.

Quando e onde ver a Eta Aquáridas em 2020?

Ao contrário de muitas outras chuvas de meteoros, a Eta Aquáridas não têm um pico agudo. A chuva é caracterizada por um máximo amplo que dura cerca de uma semana. Em 2020, a atividade máxima deve ocorrer entre 4 e 5 de maio, mas um número aproximadamente igual de meteoros pode ser visto vários dias antes e depois desses dias. Este ano, a Lua estará 91% cheia de 4 a 5 de maio e ofuscará alguns meteoros, por isso, tente observá-la em dias diferentes para obter melhores resultados.

Publicidade

A chuva de meteoros Eta Aquáridas é observável em todas as partes do mundo antes do amanhecer, mas é mais visível no hemisfério sul. Isto é devido à localização do ponto radiano da Eta Aquáridas. A chuva pode ser melhor visualizada do equador até 30 graus de latitude sul. Seu radiante sobe mais alto no céu antes do amanhecer para observadores em latitudes mais a sul. Além disso, o nascer do sol no hemisfério sul mais tardio, já que lá é outono agora, oferece aos observadores do céu mais tempo no escuro para ver os meteoros.

Geralmente, pode-se observar até 30-40 meteoros por hora, em perfeitas condições, no auge da Eta Aquáridas. Essa taxa refere-se ao hemisfério sul, onde a chuva de meteoros Eta Aquáridas é uma das mais proeminentes chuvas de meteoros do ano. Observadores no hemisfério norte verão cerca de 10 meteoros por hora.

Como ver os meteoros da Eta Aquáridas?

Prepare-se para observar os meteoros nas horas escuras antes do amanhecer nos dias próximos ao 5 de maio. Não é necessário ter nenhum equipamento óptico ou habilidades especiais para ver a Eta Aquáridas no céu. Para maximizar sua experiência de visualização, encontre um local aberto, longe das luzes da cidade e de outras fontes de poluição luminosa e olhe para o céu a olho nu.

Se você quiser seguir os caminhos da Eta Aquáridas, identifique o radiante da chuva no céu com o aplicativo Star Walk 2. Não é necessário olhar na direção do radiante o tempo todo para ver o maior número de meteoros. A Eta Aquáridas pode aparecer em qualquer lugar do céu. Tudo que você precisa é de um céu limpo e escuro e um pouco de paciência.

Baixe o App Star Walk 2 (Android & iOS)

Publicidade

Share