fbpx

A história original da Chapeuzinho Vermelho é terrivelmente sinistra

Publicidade

A história da Chapeuzinho Vermelho é um dos contos infantis mais populares em todo o mundo, mas o que muitos não sabem é que a história contada é apenas uma versão mais leve da história original.

E mesmo assim, a história que conhecemos é um pouco macabra, já que uma criança deve atravessar uma floresta sozinha e levar doces para a avó. No meio do caminho ela encontra um lobo que descobre o destino da garoa, corre para lá antes e a engana.

Publicidade

No fina da história, o lobo devora a garotinha e a avó, que acabam sendo resgatados por um caçador e o lobo é morto.

Se analisarmos bem, a história é confusa e um pouco macabra, mas está longe de ser como a versão original.

O conto da Chapeuzinho Vermelho é atribuído a um livro de Charles Perrault, lançado em 1697. E era um conto de terror, com desenhos e cenas fortes, a história se passava nos Alpes.

Quase cem anos depois, os irmãos Grimm decidiram adaptar a história para o público infantil, surgindo uma versão parecida com a que conhecemos hoje.

As duas versões, a original e a adaptada pelos irmãos Grimm, possuem pontos em comum. Nelas a garota está entrando na vida adulta e o vermelho da capa simboliza a primeira menstruação. As histórias tem em comum também, o fato de que a mãe da menina pede que ela não fale com ninguém no caminho até a casa da avó.

Publicidade

A partir daí, as versões divergem, na história dos irmãos Grimm, o lobo chega a casa da avó, a devora e veste a sua roupara enganar Chapeuzinho Vermelho. Contudo, a história original é macabra, o lobo mata a avó e despedaça o seu corpo, ele serve a carne para a menina junto a uma garrafa de vinho com o sangue da velhinha.

Assim que Chapeuzinho chega a casa, ele a oferece um jantar e a menina come a carne e bebe o sangue da própria avó. O lobo ainda debocha da garota, por ela ter praticado canibalismo, um dos pecados mais graves que existem.

Por fim, o lobo mata a menina, sem nenhum caçador aparecer para salvá-la.

Essa história brutal pode ser interpretada de várias formas, mas a mais aceita é de que a personagem da Chapeuzinho representa a ingenuidade daquelas meninas que estão siando da infância para a vida adulta e que não escutam os conselhos de seus pais. Assim, elas embarcam em aventuras que podem custar caro.

A representação do lobo, seria a encarnação do mal e da violência, além de representar o mundo sexual.

Macabro!

 

Publicidade

Share