fbpx

11 atrações turísticas populares que deixaram de existir por causa da ação humana

Publicidade

O mundo está repleto de lugares incríveis para conhecermos, mas a popularidade crescente nem sempre é uma coisa boa para as atrações turísticas. A ação humana pode afetar esses lugares de forma absurda, levando a destruição.

E os danos causados pelos humanos podem variar desde  a simples respiração até ações intencionais. Esses 11 pontos turísticos que relacionamos abaixo foram completamente arruinados pelas pessoas e infelizmente não são mais como eram.

Publicidade

11 – Caverna de Altamira, Espanha

Fechada para visitantes desde 2002, esse local foi danificado pela visita de grandes grupos turísticos. As pinturas foram danificadas pela respiração que produzia vapor d’água e dióxido de carbono, esse conjunto fez com que algumas pinturas ficassem mofadas.

Em 2001, uma réplica da caverna e museu foi construída nas proximidades para permitir que os turistas apreciem as reproduções.

10 – Ilha Christmas, Austrália

Em um curto período de 10 meses, mais de 90% do recife foi destruído. Muitos corais morreram em razão do estresse térmico causado pelas mudanças climáticas.

09 – Geleira de Chacaltaya, Bolívia

A geleira que se formou há 18 mil anos e era uma das mais altas da América do Sul, mas desde 1980, ela começou a declinar rapidamente e em 2009 desapareceu por completo em razão do aquecimento global.

08 – Salto de Sete Quedas, fronteira Brasil e Paraguai

Em 1982, esse belíssimo lugar era uma cascata de cachoeira, mas foi completamente inundado pelo reservatório formado pela hidrelétrica de Itaipu. As rochas foram removidas com dinamite.

07 – Lago Poopó, Bolívia

O lago secou completamente em 2016 devido às alterações climáticas e o desenvolvimento da agricultura e mineração próximo ao local. Este é o segundo desaparecimento do lago.

No ano de 1994, ele secou pela primeira vez e mais tarde foi revitalizado pelas chuvas.

06 – Recife nas Ilhas Raja Ampat, na Indonésia

Publicidade

Aproximadamente 1600 metros quadrados de recife de coral foram destruídos por navios de cruzeiro em 2017. Podem levar décadas para a revitalização e o dano foi estimado em cerca de US$ 18,6 milhões, o local é muito popular entre os mergulhadores.

05 – Rocha Dubckbill, Oregon, Estados Unidos

A rocha Duckbill era uma formação em arenito, localizada no estado de Oregon, EUA. Uma grande atração turística local, ela acabou derrubada por vândalos em 29 de agosto de 2016.

Eles se defenderam afirmando que a rocha era um risco para segurança, pois um amigo deles teria quebrado a perna após subir no local.

04 – Praia de Maya Bay nas Ilhas Phi Phi, Tailândia

O local se tornou muito popular entre os turistas após o lançamento do filme A Praia, estrelado por Leonardo DiCaprio. No período, cerca de 5 mil visitantes passavam por lá diariamente.

Em 2018, o local foi fechado indefinidamente para tentativas de recuperaç~so.

03 – Ponts des Arts, Paris

Os turistas começaram a colocar “cadeados do amor” na ponte, até que ela começou a ficar muito pesada. Em 2014, o governo francês, com medo de um possível colapso da ponte, retirou os milhares de cadeados e colocou painéis de vidro no local, para evitar que as pessoas retomassem o hábito de colocar cadeados no local.

02 – Wedding Cake Rocjk, Austrália

A rocha se tornou muito popular em 2015 e acabou fechada devido as preocupações com a estabilidade do local. Ainda assim, muitos turistas tentam burlar as multas e a presença policial no local, para tentarem uma boa foto.

11 – Pirâmide de Nohmul, Beliz

Uma pirâmide Maia de 2.300 anos que acabou destruída em 2013 pela De-Mar’s Company, usando escavadeiras. O calcário da pirâmide foi usado para cascalhar estradas em uma cidade próxima.

Publicidade

Share