fbpx

10 animais gigantescos que aterrorizaram o mundo após os dinossauros

Publicidade

A história do nosso planeta é marcada pela existência de muitos animais, cada um deles construiu o seu legado e a sua reputação e acabaram eventualmente deixando de existir. Atualmente, os dinossauros são muito famosos e prestigiados pelo seu tamanho e poderio. Mas o que muitos não sabem, é que a extinção dos dinossauros foi um marco também para o surgimento de outros predadores gigantes.

E eles também eram temíveis predadores e muito assustadores. Sabendo disso, separamos na lista de hoje alguns desses animais que aterrorizaram o mundo após a extinção dos dinossauros. Veja só:

Publicidade

10 – Basilossauro

Este é um animal extremamente antigo, ele viveu há cerca de 34 milhões de anos e é considerado um ancestral primitivo das baleias. Quando esteve espalhado pelos oceanos da Terra, o Basilossauro era muito temido por outras espécies marinhas, pois tinha cerca de 20 metros de comprimento.

9 – Argentavis

Esse espécime conhecido como “Ave Argentina” é uma das maiores aves que a ciência já teve conhecimento. Ela podia alcançar surpreendentes 07 metros de envergadura e pesava mais de 70kg. Para comparação, as maiores aves conhecidas atualmente não passam de 3,5 metros.

8 – Purussauro

08 milhões de anos atrás, o Purussauro era o pesadelo daqueles que cruzavam seu caminho. Ele tinha 13 metros de comprimento e não tinha muitos adversários a sua altura na cadeia alimentar.

7 – Deodon

Este animal faz parte da linha evolutiva dos porcos e viveu na América do Norte em torno de 19 milhões de anos atrás. Só a sua cabeça chegava a 01 metro de comprimento, e ao todo, ele podia ter 1,8m de altura. O Deodon não era nenhum pouco simpático como os suínos da atualidade.

6 – Indricotherium

Este animal é considerado por muitos cientistas como o maior mamífero que já viveu no nosso planeta. Ele podia medir até 05 metros de altura e pesava em torno de 20 toneladas. Em linha evolutiva, é possível relacionar esta espécie aos rinocerontes.

Publicidade

5 – Megalania

Há cerca de 40 mil anos, este animal gigantesco rondava o território que hoje é conhecido como Austrália, ele fazia parte da chamada megafauna australiana, que também continha outros animais assustadores.

Bem diferente das iguanas e lagartos que não nos causam mais tanto medo, não é mesmo?

4 – Titanoboa

Se você é daqueles que tem medo de cobras, saiba que teve sorte de nascer 58 milhões após a extinção da Titanoboa. A maior cobra já descoberta pela ciência podia ter até 12 metros de comprimento. Mais de 30 fósseis dessa espécie foram encontrados na Colômbia, mas os cientistas acreditam que ela pode ter se espalhado por outros países da América do Sul também.

3 – Kelenken

Um descendente direto dos dinossauros, o Keleken não tinha asas grandes o suficiente para voar, mas nada disso os impedia de assustar as demais espécies. Eles possuíam um poderoso bico curvo, semelhante a um gancho, era uma grande ameaça a qualquer ser vivo que coubesse em sua boca.

2 – Livyatan Melvillei

Este animal foi batizado em homenagem ao lendário animal bíblico, o Leviatã. A ciência já conseguiu determinar até hoje, que trata-se de uma forma primitiva de baleia que podia alcançar mais de 18 metros, e se alimentar até mesmo de baleias menores.

1 – Megalodonte

Os tubarões assombram os nossos oceanos há pelo menos 400 milhões de anos, e já se mostraram capazes de suportar vários desastres naturais ao longo de todos esses anos. Contudo, hoje eles já são bem menos assustadores do que eram milhões de anos atrás. O megalodon, cuja real existência ainda é alvo de grandes debates, podia medir mais de 18 metros de acordo com algumas fontes. Todos esses fatos fazem dele o maior predador que já viveu no planeta Terra.

Publicidade

Share