Grávida de trigêmeos mostra evolução do tamanho de sua barriga e impressiona

0 11.600

Publicidade

Sinceramente, acreditas que exista alguma coisa tão fascinante e radiante neste mundo como uma mulher grávida? Difícil dizer, não? Sabendo disso, vamos ver agora o caso de Maria, de 36 anos, que está na 33ª semana de gravidez e compartilha fotos e vídeos de seus problemas e aventuras diárias com seus seguidores no Instagram.

Publicidade

Ela e seu marido dinamarquês já têm um filho de dois anos de idade, mas as coisas estão prestes a aumentar um pouco. Maria documenta sua gravidez de trigêmeos em seu Instagram, que possui pouco mais de 20 mil seguidores. 

Eles nascerão por cesariana, pois um parto natural seria muito arriscado, segundo os médicos. Sua data de prevista é 17 de setembro.

Existem apenas 150 casos de trigêmeos nascidos no Reino Unido a cada ano, com 1 em cada 5000 gravidezes uma gravidez tripla. A taxa do trigêmeo costumava ser de cerca de 1 em 10.000 maternidades, mas esse número quase quadruplicou entre 1970 e 1998, com a introdução de técnicas de concepção assistida.

Esta taxa caiu desde 1998, provavelmente devido à introdução de regulamentos HFEA que restringem o número de embriões transplantados durante um ciclo de fertilização in vitro.

Nos EUA, menos de 4% das gestações trigêmeas são realizadas por via vaginal. Ter uma cesariana para nascimentos múltiplos é a maneira mais comum de ir e coloca menos estresse em seu corpo. Múltiplos bebês nascidos de parto vaginal correm maior risco.

NHS escreve:

Muitas mulheres acham que precisam fazer uma cesariana com gêmeos. De fato, mais de 40% dos nascimentos de gêmeos são vaginais, e o processo é semelhante ao de um único bebê.

Se você está planejando um parto vaginal, geralmente é recomendado que você tenha uma epidural para alívio da dor, mas você pode discutir isso com seu Obstetra.

Que tudo de certo no nascimento dos filhos de Maria!

Publicidade